quarta-feira, 28 de maio de 2008

Mobilizações no Mês de Maio no Distrito Federal pela Luta Contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Postado por: Vanderlei dos Reis CDI-DF e Entorno

Dia 18 de Maio foi o Dia Nacional de Luta contra o Abuso e Exploração sexual de Crianças e Adolescentes, instituído pela Lei Federal N°. 9970/00. A data foi escolhida porque em 18 de maio de 1973 em Vitória- ES um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Crime Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas 08 anos de idade que foi raptada, drogada estuprada, morta e carbonizada por jovens da classe média alta daquela cidade. Esse crime, apesar de sua natureza hedionda prescreveu impune.

Para o governo e o movimento social brasileiro em defesa dos direitos de crianças e adolescentes, a data é mais um elemento para a mobilização e o envolvimento dos poderes públicos e da sociedade no enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes.

A mobilização gera capacidades de estimular e encorajar as pessoas a denunciarem/revelarem situações de violência sexual, bem como favorece um ambiente político institucional para implantação e implementação de ações de políticas públicas capazes de fazer o enfrentamento ao fenômeno, no âmbito à impunidade e proteção e promoção às pessoas em situação de vítimas ou vitimização, conforme estabelece o Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Durante esse mês de maio a Associação Cristã de Moços de Brasília (ACM), instituição parceira do CDI-DF onde abriga a EIC ACM, participou e coordenou algumas atividades: no dia 12/05 houve a exibição do Filme “Anjos do Sol”, com debate e criação de grupo de apoio ao combate à violência sexual contra crianças e adolescentes, realizado no Teatro de Sobradinho I (Região Administrativa do Distrito Federal). Já no dia 16/05 ocorreu a Caminhada com panfletagem e sensibilização, em parceria com Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) de Sobradinho, onde também funciona uma EIC, e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Sobradinho. Outras ações foram realizadas por outras iniciativas nesse mês, o que culminou numa atividade no Parque da Cidade Sarah Kubitschek no dia 18 de Maio, em que estiveram presentes cerca de 1500 crianças adolescentes e jovens de diversas entidades do Distrito Federal e a ACM participou com a apresentação do Coral Infantil da ACM, sob a regência do maestro Paulo Santos.

Além dessas ações, a Coordenadora Pedagógica da EIC - ACM Renata Rodrigues também participa da Rede de Articuladores do Projeto Creche para Todas as Crianças, do Programa A Primeira Infância Vem Primeiro, uma iniciativa da Fundação Abrinq em parceria com o Instituto C&A; o que renderá ainda muitos frutos.

Um comentário:

GT de Reforma Agrária-GTRA/DEX/UnB disse...

Bom dia, pessoal. Fico feliz por essas iniciativas tão importantes e que servem de exemplo para todos nos. Parabéns! Fico triste por existir esse tipo de crime, mas com o apoio de pessoas legais como todos nos aqui desses espaços, acredito que essa cituação pode mudar. Um grande abraço a todos. Michelle M. Cardoso (GTRA/DEX/UnB).